Archive for the ‘Architecture’ Category

Nestes dias de isolamento, em meio a viagens enfumaçadas, descobri Marcel Gautherot através do Google Arts & Culture, em uma exibição sobre Fotografia e arquitetura moderna no Brasil.

Estou encantada com a forma como a luz faz parte dos registros dele, seja na arquitetura, ou nas pessoas que, note bem, sempre estão presentes mesmo nas fotos geométricas das estruturas arquitetônicas.

Fantástico e inspirador, como nestas imagens disponíveis no acervo do IMS!

[construção do congresso nacional, 1958] ; [puxada do xaréu, 1956 circa] Marcel Gautherot

4005682F-6ADD-4783-8BF5-79CDAAB41C7F

 

–  antropologia urbana em uma cidade vazia –

 

por ordens médicas, rompi o isolamento e segui de bike até a faculdade de medicina da ufpel

com as ruas cada vez mais vazias, o som vai mudando.

comumente agora ouço sirenes de ambulâncias.

cada vez mais parece um cenário apocalíptico de um conto dos autores nihilistas que tanto gosto.

Não é!

 

[Luceni Hellebrandt – março de 2020 – dia 9]

update – move your body as medicine

A corrida sempre me foi remédio. Desintoxicando física e mentalmente. Não tenho corrido bem como quando tinha uma rotina de exercícios, mas o que importa é seguir me movendo. Ela esteve presente no momento mais frágil do último ano e meu presente de aniversário foi me mover por 10Km… eu tava tão na bad que a endorfina quase não fez efeito. Agora as coisas estão melhores. Bem melhores. Eu me prometi que não ia me deixar morrer neste novo ano e estou conseguindo cumprir minha promessa. Tenho voltado a sorrir bobo e tenho tido vontade de me jogar com leveza. Neste meio tempo, a corrida segue, amigável. Hoje tive uma boa onda de endorfina em determinado momento do movimento matinal…manhã de domingo de carnaval, ruas vazias, clima agradável, cansaço de trabalho a ser liberado, frases trocadas em mensagens a serem lembradas, casarões antigos a serem fotografados. Foi uma bela manhã para desenhar com os pés um pouco mais das ruas, suar e querer me jogar em sorrisos bobos e momentos leves.

pompas funebres/fachada/casas geminadas – entorno da praça – Pelotas / RS

[Luceni Hellebrandt – vistas matinais da corrida]

 

(one more time, thank you brainpickings for the great tip!)

“You can be lonely anywhere, but there is a particular flavour to the loneliness that comes from living in a city, surrounded by millions of people.”

[The Lonely City] Olivia Laing (2016)

– a promessa da felicidade está numa lembrança do passado –

lost paradise_fev2014

[lost paradise] Luceni Hellebrandt (MVD fev 2014)

InstagramCapture_a2ce6630-6d01-4d66-a494-52015391ef1e

[a vida social das coisas] Luceni Hellebrandt (2016)

 

*o título da foto foi inspirado na teoria apresentada por Arjun Appadurai no livro The Social Life of Things – Cambridge University Press, 1988.

I love Bauhaus movement and I am aesthetically influenced for they thought.

If you also love, or if you don’t have idea what I am talking about, take a look on their very informative website. A lot of references and also links to their social networks:

Bauhaus Movement

…or you can go directly to know about Bauhaus Movement in your prefered social network:

Facebook
Google+
Instagram
Pinterest
Tumblr
WordPress

at the wall of my room:

View this post on Instagram

4:20

#Vinyl
#Bowie
#Bauhaus

A post shared by Luceni Hellebrandt (@hellebrandt) on